Ainda falando da coluna vertebral, vamos observar que quando o pescoço ou a região lombar está sempre doendo, com o músculo rígido, gerando formigamento nas pernas ou nos braços, pode ser um sinal de bico de papagaio, ou seja, um osteófito

O bico de papagaio tem o mesmo formato de um espinho de rosa e nasce nas vértebras da coluna machucando o músculo ou nervo. Por isso, as pessoas sofrem muito com dor e tensão muscular.

Os osteófitos podem ser encontrados também nos joelhos e calcanhares, só que no calcanhar vai receber o nome de esporão de calcâneo. Ele surge porque a região está sempre inflamada, com tensão muscular e dor, e quase sempre acompanha um processo de artrose.

O que a pessoa sente?

Vai depender da região em que o bico de papagaio está localizado. No pescoço normalmente a pessoa vai sentir: dor, espasmos muscular, formigamento nos braços, poder levar a pessoa a ter fraqueza muscular, diminuição dos movimentos do braço e pescoço, torcicolos constantes, não conseguir trabalhar nem fazer atividades pessoais, do dia- a- dia como pentear o cabelo.

Na região lombar, além da contratura muscular, a pessoa vai sentir forte dor ao se movimentar e, assim muita dificuldade para andar, se abaixar, para virar de lado, dormir, ficar na mesma posição por longo tempo.

No calcanhar, a pessoa sente dores fortes e não consegue pisar, assim a pessoa não consegue se locomover, isto faz com que a perna vá ficando cansada e fraca. Aí a pessoa começa a “mancar”, não anda direito e começa a ter má postura, dor nas costas. O mesmo acontece no joelho, dificuldades como: andar, dobrar o joelho, dor, enfraquecimento das pernas, dor nas costas devido a adoção de postura errada para se livrar da dor.

Por que praticar Pilates?

Porque a primeira queixa é a dor, em geral, esta dor é proveniente da contratura muscular que gera desalinhamento, má postura, em função de músculos fracos. E o Pilates vai realinhar a pessoa, fortalecer e alongar a musculatura eliminando a dor, pois o equilíbrio foi readquirido com o método, assim embora continuem existindo, a grande diferença que eles não machucaram mais, pois o corpo está equilibrado.